Padaria Portuguesa abre nova loja no Parque das Nações, em Lisboa

Clique para Ampliar

A C&W foi responsável pela 16ª abertura da Padaria Portuguesa, da cadeia de padarias, que iniciou a sua atividade em 2010. O local escolhido foi a Torre Zen, edifício localizado na zona central do Parque das Nações, em plena Avenida D. João II.

Neste negócio, a C&W atuou em nome do proprietário do imóvel, um fundo gerido pela Standard Life Investments.

Ao longo dos últimos três anos, a Padaria Portuguesa tem tido uma expansão bastante significativa na cidade de Lisboa e o objetivo é continuar a abrir lojas. O novo espaço inaugurado no final do mês de Junho, vai ao encontro da lógica de expansão da marca focada na proximidade ao público, devolvendo o conceito de padaria de bairro a Lisboa.

A Padaria Portuguesa oferece mais de 30 variedades de pão fresco de qualidade, pastelaria variada, bolos e biscoitos caseiros e sanduíches, que são servidas aos almoços. A decoração combina uma imagem contemporânea com pormenores tradicionais.

Segundo Mafalda Cotta, do departamento de retalho da C&W, “O Parque das Nações tem vindo a registar crescente procura por parte de operadores nacionais e internacionais. A conjugação da vertente habitacional com uma elevada densidade de edifícios de escritórios determinou a preferência de A Padaria Portuguesa por esta zona da cidade”.

Localizada na zona prime do Parque das Nações, a Torre Zen é gerida pelo departamento de Gestão de Imóveis da Cushman & Wakefield desde 2003. Totaliza 21.000 m2 divididos por 13 pisos de escritórios, 5 caves de estacionamento e 3 espaços comerciais no piso térreo. As Páginas Amarelas, a UHU e a TNT são alguns dos ocupantes dos escritórios, neste edifício de referência.