C&W selecionada em exclusivo para comercializar as novas Trump Towers no Rio de Janeiro

Clique para Ampliar

O projeto Trump Towers Rio marca a chegada do grupo Trump ao Brasil e será o maior complexo de escritórios dos países BRIC.

A promoção das torres está a cargo da MRP International, um importante promotor imobiliário global na área comercial, da Even, uma das maiores empresas de promoção do Brasil, da Salamanca Capital, um banco de investimento sediado em Londres, e da The Trump Organization, que dá a marca ao projeto.

Localizadas na zona portuária do Rio do Janeiro, as Trump Towers Rio serão construídas num terreno de 32.000 m2 numa das principais artérias da cidade, a Avenida Francisco Bicalho. O projeto totalizará cinco torres de 150 metros de altura e 38 andares. No total dos cinco edifícios estarão disponíveis 322.000 m2 de espaço de escritórios. A primeira fase, com conclusão prevista para 2016, contará com duas torres com 55.000 m2 de área bruta locável (ABL) cada uma.

“O Brasil é um mercado extremamente importante para nós e onde queríamos muito estar presentes. Acredito que com a procura pela marca Trump conjugada com a localização impar e o design de vanguarda destes edifícios, não haverá nada igual no Brasil”, comentou Donald Trump.

Segundo Peter Victor, responsável pelo desk internacional da Cushman & Wakefield, “As Trump Towers serão brevemente conhecidas como o endereço de escritórios de excelência no Brasil. A MRP International juntou três fatores chave de sucesso neste empreendimento: localização prime, design de excelência, que inclui todas as características fundamentais para ocupantes internacionais, e a marca Trump, umas das mais respeitadas no setor a nível global. Estamos muito satisfeitos por colaborar neste projeto único e poder assegurar o sucesso do mesmo”.


As Trump Towers Rio beneficiarão de ligações privilegiadas com as principais artérias da cidade, com os dois aeroportos, com os tuneis de acesso às zonas Sul de Ipanema e Leblon, ao antigo CBD e à ponte de Niteroi. O futuro comboio de alta velocidade também terá uma estação muito próxima das torres, assim como o novo metro de superfície.