Cushman & Wakefield reforça aposta na reabilitação urbana

Clique para Ampliar

O principal objetivo desta equipa é a elaboração de planos viáveis para a reabilitação de edifícios, acompanhando todas as fases do processo e oferecendo soluções através da experiência e conhecimento de vários serviços integrados da Cushman & Wakefield.

Dos serviços oferecidos pela equipa de reabilitação urbana da C&W destacam-se: identificação e procura ativa de oportunidades; estudos de mercado e de viabilidade; consultoria à promoção imobiliária e à reabilitação urbana; consultoria para venda e aquisição de edifícios e terrenos; consultoria para valorização de edificado; projetos, gestão e fiscalização de obras; due dilligence técnico e comercial.

Segundo Paulo Rebelo, responsável pela área de reabilitação urbana da Cushman & Wakefield, “É preciso dar vida ao parque imobiliário existente e isso passa por revitalizar edifícios que perderam, num determinado tempo, a utilidade para a qual foram construídos. A construção evoluiu e a reabilitação de um imóvel não tem de passar pela destruição do mesmo, mas sim adaptá-lo às tendências atuais de futuros ocupantes e aos níveis de conforto e eficiência exigidos, quer se trate de uma habitação, hotel, loja ou escritório. Numa altura em que o financiamento para promoção é praticamente inexistente, o nosso compromisso passa por usar o conhecimento e experiência dos nossos diversos departamentos, pensando em soluções integradas e viáveis de forma a potenciar a colocação de um ativo nos mercados de venda ou arrendamento.”

Um exemplo recente onde a área de reabilitação urbana da C&W interveio com sucesso foi a colocação do edifício da Avenida da Liberdade 108. A venda do referido edifícios só foi possível por se ter criado, em conjunto com o comprador, um plano para o reposicionamento do edifício tirando partido do ciclo de renascimento da Avenida da Liberdade.

O edifício, que ocupa uma das esquinas com maior visibilidade da Avenida da Liberdade, totaliza uma área de aproximadamente 2.000 m² de construção distribuídos por 8 pisos acima do solo e 2 pisos subterrâneos. O redesenho dos pisos térreos, a reconfiguração de layouts e a mudança de imagem que vai ser implementada vão transforma-lo num imóvel de primeira linha.